NFT de surfista ex-BBB concede série de privilégios exclusivos; Descubra o preço do ativo

Data:

Surfista e um dos 3 finalistas do último Big Brother Brasil, Pedro Scooby é mais uma celebridade/atleta a se introduzir no mundo dos tokens não fungiveis, as NFTs.

O surfista de ondas gigantes colocou à venda 30 mil NFTs inspirados em sua carreira, contendo benefícios além dos ativos quanto a dinheiro.

Criados numa rede de Blockchain chamada Matic, os NFTs mais baratos custam em média 124 matic, cerca de R$ 720.

O ativo digital mais caro, por sua vez, custa 15.500 matic, ou seja, mais de 90 mil reais na conversão direta para real. A mesma, no entanto, conta com um benefício mais do que exclusivo, não só para os fãs de surf ou de Pedro Scooby, mas também daqueles que amam viajar. O NFT dará direito ao usuário comprador uma viagem de 5 dias com o ex-BBB.

A viagem também dá, inclusive, direito a interações com outras celebridades além de Scooby, que vivem no círculo de amizade e bolha do surfista.

Seja em almoços, jantares ou festas, o comprador ainda estará ao lado de um brinde exclusivo com a assinatura de Pedro Scooby.

NFT mais caro possui sistema para obtê-lo

Dentre dia privilégios do NFT mais barato, que também contém com o sistema, está a prioridade de compra em coleções futuras, além do principal, que pode garantir o NFT mais caro, um sorteio.

Assim que o usuário adquirir um dos NFTs iniciais, automaticamente já está concorrendo para uma série de sorteios que permite que consigam o token de 90 mil reais.

O token não fungível que oferece a viagem com Pedro Scooby tem um número limitado de peças a apenas 20, ou seja, nessa primeira coleção, se destaca quem de fato comprar ou quem através do sorteio dos primeiros tokens, consigam o acesso ao último. Primeiros esses, que estão disponibilizados 18 mil.

As outras classes da coleção de NFTs dão ainda outros benefícios como encontros regulares com o surfista e compradores do mesmo token, além de direito a festas de Scooby e encontros ao vivo de mais de uma hora.

Ainda no surf, existem outros projetos dentro do esporte feitos por atletas que além de esportistas são influencers. Como é o caso de Gabriel Medina, que após estampar um NFT de seu “parça”, Neymar Júnior, em uma de suas pranchas, ingressou por conta própria como investidor no mercado.

O Surf Junkie Club é também outro projeto de tokens não fungíveis no Surf que chama atenção no segmento, que junta diversos grandes nomes do esporte, inclusive de fora do Brasil, na produção de avatares ao melhor estilo Bored Ape Yatch Club.

Essa configuração de NFTs com vantagens cada dia mais se faz popular não só no universo da web3, mas também, dentre os atletas e organizações esportivas detentoras de projetos do gênero.

Além dos NFTs a modalidade de Fan Tokens se faz muito presente dentre os ativos com vantagem, sendo talvez o foco na área dos tokens não fungíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Mais lidas

Continue Lendo
Relacionados

Produtora de NFTs se torna mais nova parceira de gigante da NFL

Gigante na produção de NFTs e ativações no mercado...

Golpe de Criptomoeda da Copa do Mundo 2022 derrete 70%; Veja o prejuízo

A pouco menos de 100 dias para o início...

Uniforme de Equipe de Rugby ganha patrocínio de Jogo NFT

Nos dias de hoje, é mais do que comum...

Esportes já receberam bolada em investimentos da Web3; Veja o valor bilionário

Já a mais de dois anos, os ativos digitais...