Corinthians perde grande patrocinio de empresa de Bitcoin

Data:

Um dos primeiros clubes do futebol brasileiro a entrar na empreitada de investimentos em ativos digitais e Web3, o Corinthians, encerrou recentemente seu vínculo com a exchange Mercado Bitcoin, que patrocinava o clube desde a temporada passada.

O acordo entre as partes selado em 2021, fazia do Timão o primeiro time brasileiro a ser patrocinado pela marca. De acordo com a empresa, em anúncio oficial feito em maio, o cancelamento do contrato se dá pelo foco que o Mercado Bitcoin terá na criação de seu próprio projeto de time de futebol, só que além do campo IRL (vida real), também trazendo experiências no ambiente Metaverso.

Apesar de anúncios e falas dos dois lados de que o vínculo se encerrou, inclusive com decretos de que a marca não estamparia mais o uniforme do Corinthians, o patrocínio segue intacto na camisa, inclusive, com um design remodelado.

Tal fato ficou muito confuso para os Investidores e torcedores do clube, já que era esperado que conforme a marca anunciou, a parceria quanto a sua logo não estaria mais presente nos uniformes.

Nenhuma notícia quanto a mudança de ideia na rescisão surgiu mas mídias, nem internamente no clube, o que coloca como principal hipótese um prazo estipulado na parceria anteriormente, para que pelo menos até o fim da temporada ou do contrato prévio, a Mercado Bitcoin esteja no manto alvinegro.

De acordo com contrato firmado em setembro de 2021, o negócio tem duração até dezembro de 2022, o que casa também com o início de fato do projeto do time da Mercado Bitcoin, aumentando ainda mais as chances do patrocínio deixar a camisa apenas no fim do ano.

Mercado Bitcoin e seu time de Futebol

Inspirada na ideia de um movimento digital que toma forma nos Estados Unidos, da criação de times do Metaverso na vida real, o Mercado Bitcoin vai passar a manter seu projeto ambicioso a partir de janeiro de 2023. A equipe criada pela empresa terá o nome de Metaverse DAO Football Team.

Os acionistas contam com a experiência adquirida no meio do futebol brasileiro não só com o patrocínio do Corinthians, já que posteriormente tambem acabou por firmar negócios com Vasco e Santos. Esse último sendo um de mais sucessos, montando um dos Fan Tokens mais valorizados não só do futebol brasileiro, mas também do mundo.

Em entrevista ao Blog ‘GazetaEsportiva’, o diretor de patrocínios da exchange, Sérgio Veiga, comentou sobre o projeto do Metaverse DAO Football Team, e contou como será o processo de captação de atletas.

“A expectativa é definir em janeiro de 2023 a comissão técnica, para fazer entre março e junho, uma peneira nacional, passando por todos os estados brasileiros em busca de talentos para formar as equipes sub-21, tanto masculino quanto feminino”, revelou Sérgio Veiga.

Ainda não há informações sobre parcerias com outras equipes de base, mais patrocínios e o dinheiro que será injetado para o início desse projeto. Mas a expectativa de um novo clube empresa no cenário do futebol brasileiro não agrada a todos, que cada dia mais vê não só as criptomoedas, mas o dinheiro no geral dominar o esporte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Mais lidas

Continue Lendo
Relacionados

Empresa lança NFTs para apoiar futebol feminino; Entenda

O banco de investimento suíço Credit Suisse e a...

E-Sports e Metaverso; Conheça projeto da Talon

Talon Esports anunciou que está lançando um metaverso para...

2024 o ano dos Fan Tokens? Veja as melhores opções

A introdução da tecnologia blockchain e das criptomoedas revolucionou...

Gigante do Futebol Inglês cria sua própria Criptomoeda

O Tottenham Hotspur está colaborando com o Socios.com para...