Criptomoedas Esportivas chegarão ao fim em 2023?

Data:

As parcerias entre marcas esportivas e empresas de criptomoedas provavelmente diminuirão e mudarão após um turbilhão em 2022, de acordo com especialistas no assunto. A projeção foi tirada do papel após grandes impactos negativos no setor, como o nome da FTX retirado da arena do Miami Heat após a falência da mesma.

A MLB, maior liga de baseball do mundo, foi outra que cortou os laços com a bolsa de criptomoedas em colapso, além do acordo da Voyager Digital com o Dallas Mavericks da NBA, que chegou ao fim devido ao mesmo problema: a falência da empresa de criptomoedas.

Esses são apenas alguns dos casos de marcas do esporte que vem rompendo com empresas do setor de Cripto, que mesmo em queda, ainda vê um punhado de nomes do setor interessado em fechar negócios, apesar da queda nos orçamentos de marketing, as estruturas e os termos dos acordos que parecem prestes a se transformar.

Sendo assim, mesmo com alguns acordos ainda de pé e outros a serem lançados, os especialistas acreditam que 2023 seja o ano da queda desse mercado, que parecia ser o futuro do marketing digital nos Esportes.

O futuro do Esporte e Cripto

No entanto, mesmo com toda a negatividade em torno deste ano, após cerca de 3 anos de boom do assunto, ainda existem esperanças de que um dia o mercado volte a ficar em alta.

Isso porque 2024 promete ser o ano do Bitcoin, com stacks da Cripto voltando a ser mineradas e reestabilizando o mercado mesmo com Exchanges gigantes falidas.

Os Esportes devem surfar essa onda, já que mesmo em baixa, nomes gigantes ainda conseguem obter lucro com ativos digitais.

Caso esse como acordos milionários com as gigantes Socios.com para a produção de Fan Tokens e da Sorare na produção de NFTs, que inclusive já conta com acordos com todas as 5 grandes ligas europeias.

Outro nome do mercado que ganhou destaque recentemente e serviu de impulso e motivação para talvez um futuro melhor desse mercado foi a Crypto.com, que se tornou a primeira empresa da história das Criptomoedas a se tornar patrocinadora oficial da Copa do Mundo.

A maior competição futebolística do mundo, que ocorreu no Catar ao fim de 2022 serviu de vitrine para o assunto, inclusive gerando engajamento devido a promoções e ações com torcedores no local e também na plataforma, que incluía sorteios, distribuição de tokens e até Criptomoedas.

A Crypto.com também desde 2021 conta com os naming rights da Arena de Los Angeles, anteriormente conhecida como Staples Center, como parte de um acordo de incríveis 700 milhões de dólares pelos próximos 20 anos.

Seus acordos espetaculares continuaram também no ano passado com um anúncio do Super Bowl em fevereiro junto a marca, que foi um grande sucesso. O mais novo acordo grande e bem sucedido é o de cinco anos com a Australian Football League, para ser a patrocinadora oficial do principal campeonato da Oceania.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Mais lidas

Continue Lendo
Relacionados

Empresa lança NFTs para apoiar futebol feminino; Entenda

O banco de investimento suíço Credit Suisse e a...

E-Sports e Metaverso; Conheça projeto da Talon

Talon Esports anunciou que está lançando um metaverso para...

2024 o ano dos Fan Tokens? Veja as melhores opções

A introdução da tecnologia blockchain e das criptomoedas revolucionou...

Gigante do Futebol Inglês cria sua própria Criptomoeda

O Tottenham Hotspur está colaborando com o Socios.com para...