Inter estuda renovações de quatro jogadores

Data:

Mesmo com o foco voltado para as últimas sete rodadas do Campeonato Brasileiro, onde o Inter ainda sonha com o título da competição nacional, o planejamento para o ano que vem já é trabalho pela chapa de situação, encabeçada pelo presidente Marcelo Medeiros, que tentará a reeleição. O principal foco está nos quatro atletas que estão com o contrato encerrando no final do ano: Fabiano, Leandro Damião, Wellington Silva e Rossi. Além deles, também a situação contratual de Odair Hellmann, que também tem o contrato encerrando em Dezembro de 2018.

As conversas sobre valores e tempo de contrato com o técnico Odair Hellmann ainda não aconteceu, mas é difícil imaginar que o atual técnico do Inter não permaneça para o ano que vem. Nos bastidores, membros da direção do Inter afirmam que o atual comandante do Inter só não renova o contrato se não quiser. Dessa forma, a tendência é que as conversas aconteçam ao final do Brasileirão e que Odair fique no clube por, pelo menos, mais um ano.

Outro jogador que chegou a abrir negociações para permanecer no Beira-Rio em 2019 é o centroavante Leandro Damião. O camisa 9, que tem contrato de empréstimo junto ao Santos encerrando no fim do ano, já marcou cinco vezes no Brasileirão e é considerado peça importante do grupo. Porém, por conta da reta final do Campeonato Brasileiro, as conversas estão estagnadas e só devem ser retomadas ao fim da competição. O centroavante tem contrato encerrando com o Santos também no fim do ano e, sendo assim, será um jogador livre no mercado.

O lateral-direito Fabiano, emprestado pelo Palmeiras, é outro que tem boas chances de permanecer. Mesmo que tenha falhado contra o Santos, no empate em 2 a 2 no Beira-Rio, que afastou o Colorado da luta pelo título nacional, Fabiano é considerado peça importante, visto que tomou a titularidade de Zeca, contratado para solucionar os problemas do lado direito. O lateral está emprestado até Dezembro e possui passe fixado para que o Inter exerça o direito de compra junto ao clube paulista, o que deve acontecer também no final da temporada.

Por outro lado, Wellington Silva, emprestado pelo Fluminense, tem situação indefinida. Peça constante nos últimos jogos e participando de gols, o atacante é um grande ponto de interrogação pelas inúmeras lesões que teve durante o ano que impediram uma sequência. Porém, o atual departamento de futebol acredita se tratar de um atleta interessante, com característica pouco usuais no Brasil como o drible, velocidade e bom arremate. Não está descartado que o Inter tente um novo empréstimo junto aos cariocas, mas a compra definitiva não deve acontecer.

Por fim, o atacante Rossi, emprestado pelo Shenzen, da China, vive situação parecida com Wellington Silva. A grande chance de permanência no ano que vem, é uma nova tentativa de empréstimo junto ao clube chinês, dado os altos valores que seriam envolvidos em uma transação de compra. Rossi é considerado importante, visto que é sempre uma das primeiras opções do técnico Odair para mudar o jogo e, até mesmo, como titular na ausência de peças como Pottker e Damião. Outro ponto analisado na permanência de Rossi é o fato de nomes da base como Richard e Bruno José, que exercem funções parecidas, pedirem passagem e receberem mais oportunidades em 2019.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar

Mais lidas

Continue Lendo
Relacionados

Empresa lança NFTs para apoiar futebol feminino; Entenda

O banco de investimento suíço Credit Suisse e a...

E-Sports e Metaverso; Conheça projeto da Talon

Talon Esports anunciou que está lançando um metaverso para...

2024 o ano dos Fan Tokens? Veja as melhores opções

A introdução da tecnologia blockchain e das criptomoedas revolucionou...

Gigante do Futebol Inglês cria sua própria Criptomoeda

O Tottenham Hotspur está colaborando com o Socios.com para...